Projeto Dacnis – Preservação, Pesquisa e Educação

A Dacnis é uma jovem organização sem fins lucrativos (ONG) que desenvolve diversos projetos, alguns em conjunto com órgãos estaduais e federais, que visam aumentar o conhecimento sobre diferentes espécies que habitam a mata e as complexas relações entre os seres vivos.

O projeto está localizado em uma área de 131,6 hectares no Sertão das Cotias, região sul de Ubatuba, longe do movimento das praias mas a apenas 5 km da cidade. A mata está sendo preservada, com numerosas espécies de flora nativa que atraem animais, muitos córregos, riachos, cachoeiras e uma área de alagado. A lista de aves conta atualmente com 249 espécies, várias endêmicas à Mata Atlântica. Na parte superior da propriedade há trilhas georreferenciadas. Na parte mais baixa, executa-se o levantamento de avifauna e mapeia-se as trilhas, sendo a maioria aberta à visitação.

Muitas informações da Mata Atlântica são coletadas e são fundamentais para a elaboração de um plano de manejo e de estratégias de conservação, sejam elas restritas à área do Projeto Dacnis ou para a Mata Atlântica em geral. Vários estudos já resultaram em artigos publicados na mídia científica. O Projeto Dacnis trabalha na defesa da Mata Atlântica em Ubatuba, o amor à floresta é o ponto de partida, e a partir dela os objetivos foram delineados:

  •  Pesquisar para aprimorar o conhecimento;
  •  Agregar área para conservar, recuperando floresta degradada;
  •  Educar para que todos protejam a mata;
  •  Observar aves para estimular um turismo ecologicamente correto.

Levantamento da fauna
Na área do Projeto Dacnis, a presença constante da equipe garante um monitoramento regular de fauna — mamíferos, aves, répteis, anfíbios — o ano todo, permitindo mapear seus movimentos, sazonalidades e a saúde da floresta. 
Os registros são feitos por fotografia e/ou gravação de vocalização, e também com o precioso auxílio de câmeras de trilha, que gravam imagens e vídeos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Até o momento, a área abriga 24 espécies de mamíferos; 249 espécies de aves; 23 espécies de répteis; e 33 espécies de anfíbios.

Projeto Dacnis

Também monitora-se a fauna de Ubatuba na Mata Atlântica, em seu entorno e na região urbana do município. Todos os registros estão organizados em um grande acervo.

Recuperação de áreas deterioradas
Há algumas áreas na propriedade que sofreram desmatamento devido a atividades humanas ou incêndios antes do Projeto Dacnis incorporá-las. Implementou-se então, um viveiro de mudas nativas de espécies pioneiras (à direita, na foto), com sementes colhidas do chão da floresta, para iniciar a recuperação dessas áreas, atraindo aves para que ajudem na dispersão de sementes, assim acelerando o processo de regeneração.

A equipe Dacnis é formada por profissionais e colaboradores dispostos a trabalhar duro, sem agenda pessoal e com total ética e transparência, para preservar nosso insubstituível patrimônio natural e estimular outros a fazerem o mesmo. Para tanto, desenvolve-se projetos que focam o estudo de espécies de mata, e outros envolvendo educação ambiental dentro do conceito de História Natural. Encontra-se a ciência na floresta, e nela busca-se o conhecimento, interferindo o mínimo possível.

Projeto Dacnis

Estar na mata diariamente, e observar as complexas inter relações entre os seres vivos, suas idas e vindas, seu comportamento, agrega-se preciosas informações que resultam em ações de conservação eficazes.

observação do comportamento das aves (birdwatching), pode ser feita nas trilhas, comedouros e bebedouros do Dacnis, veja e ouça um pouco destas espécies na breve filmagem abaixo::

Normas para uso das trilhas do Projeto Dacnis
A conservação da floresta e da fauna e a segurança dos visitantes são fundamentais para nós. Por isso, nos moldes de muitos parques e reservas mundo afora, temos um conjunto de normas que pedimos que sejam seguidas nas trilhas para o bem-estar de todos. Os 10 mandamentos que você deve conhecer antes de explorar as trilhas do Projeto Dacnis:

Equipamentos de segurança. Use sempre botas longas (tipo galocha) ou perneiras.
Trajes adequados. Se possível vista camisa ou camiseta de manga comprida; calças; e boné ou chapéu, sempre em cores discretas (cáqui, verde, marrom, preto, cinza, etc.). Evite roupas de cores vivas. Aconselhamos repelente e filtro solar.
Mantenha-se dentro da trilha. Não é permitido afastar-se por mais de 6 metros dela, e nunca use facão para abrir caminho. Pisotear a mata ou quebrar galhos = destruição.
Cuidado com as serpentes. Elas podem estar em pedras, grotas, entorno de poças d’água, raízes, troncos caídos, etc. Olhe antes de pisar, colocar a mão ou sentar. Se encontrar uma serpente, mantenha a calma, avise o guia e se afaste lentamente, sem movimentos bruscos.
Preste atenção ao atravessar riachos, áreas lamacentas e alagados. São locais escorregadios, propícios a acidentes. E podem conter desovas de anfíbios, que devem ser preservadas.
É terminantemente proibido coletar QUALQUER COISA nas trilhas. Animais, ninhos, flores, sementes, plantas, etc. devem ser deixados intocados. A vida no Projeto Dacnis é para ser apreciada e preservada. Se cuidarmos dela, ela resistirá por muito tempo.
Não deixe qualquer material estranho nas trilhas. Tudo o que entrou na trilha deve sair dela. Cada um é responsável pelo seu lixo.
Respeite os animais! O Projeto Dacnis é deles, os visitantes somos nós. Use playback com critério, poucas repetições e volume moderado para não estressar as aves. Não exagere no número de fotos (*) de um espécime, sobretudo com flash. E fale baixo ao caminhar (nunca correr!) na trilha.
Podemos isolar qualquer ponto da área, proibindo a entrada de visitantes. Isso poderá ocorrer quando identificarmos locais com ninhos ou dormitórios, e também áreas que estão sendo monitoradas / estudadas.
Se tiver qualquer dúvida, pergunte ao guia. Ele conhece a trilha e as regras, e zelará por sua segurança e experiência positiva.

(*) Solicitamos que todo material fotográfico publicado em sites de qualquer tipo, blogs, redes sociais e mídia impressa inclua um crédito ao Projeto Dacnis. Fotos feitas no Projeto Dacnis para fins comerciais devem ter nossa aprovação por escrito de antemão.

Contato
Endereço: Estrada do Rio Escuro, 4754 – Sertão das Cotias 11680-000 Ubatuba – SP.
Para marcar um horário para nos visitar, agendar uma trilha, reservar hospedagem ou para obter mais informações, por favor envie um e-mail para [email protected]Ou então pelo telefone: (12) 99158 0521 (Claro).


Fonte de Informações: http://www.dacnis.org.br/