Ilha das Couves

A Ilha das Couves está localizada no extremo norte de Ubatuba, no arquipélago com o mesmo nome. É um lugar paradisíaco, já próximo à divisa com Paraty, também chamada de “Um Pedaço do Caribe no Brasil”.

Ilha das Couves

O caminho mais comum para o turista visitar a ilha, é via barco a partir da Praia de Picinguaba, um percurso de 15 minutos, contratando o passeio diretamente com a ABPP (Associação dos Barqueiros e Pescadores de Picinguaba). Também existem passeios de escuna ou lancha que partem da Praia da Almada, Saco da Ribeira e Praia do Itaguá próximo ao centro de Ubatuba.

Ilha das Couves
Ilhote das Couves

As Praias
As duas praias da Ilha das Couves, chamadas de Praia da Terra (ou das Couves), com cerca de 100 metros e a Praia de Fora (ou do Japonês) esta maior que a primeira com cerca de 250 metros, permitem um desembarque fácil, e são frequentadas por banhistas e apneístas que exploram seus costões.

Praia Terra - Ilha das Couves
Praia da Terra – Ilha das Couves

As praias são interligadas por uma trilha de fácil acesso (menos de 5 minutos de percurso), e suas águas são calmas, cristalinas, de cor verde esmeralda claro, com excelentes pontos de mergulho, sendo que a Praia de Fora apresenta em sua orla algumas pedras enormes.

Na Praia de Fora, temos também o início de uma trilha que leva até a uma costeira ficando-se bem próximo do Ilhote das Couves ou então o visitante pode optar em fazer a trilha até o mirante.

Praia de Fora - Ilha das Couves
Praia de Fora – Ilha das Couves

Como infraestrutura local, a Ilha das Couves tem um quiosque na Praia da Terra, aberto principalmente durante a alta temporada, feriados e finais de semana. Em função do crescente número de visitas que a Ilha das Couves tem recebido, e visando a preservação ambiental se faz necessário o controle do número de barcos e turistas presentes na Ilha simultaneamente. Com isso deve-se evitar a visita em alta temporada, pois o local vive cheio de turista. Lembrando que é expressamente proibido pescar, ou deixar o lixo nas áreas deste paraíso.

Praia de Fora - Ilha das Couves
Praia de Fora – Ilha das Couves

As águas no entorno da Ilha das Couves contém rica fauna marinha, e alguns pontos de mergulho são a paredinha das miriquites, o parcelzinho, costão de fora, a face oeste do ilhote das couves e o recreio das borboletas. A profundidade é de até 15 metros com ótima visibilidade, um fundo de pedras, com corais, cérebros, esponjas, bundiões, salemas, borboletas, frades, arraias e garoupas. Na face sul, é comum encontrar peixes de passagem como robalos, caranhas, enchovas e cavalas entre as belezas da vida marítima da ilha.

O mergulho livre com snorkel é uma ótima atividade a ser praticada na região,  principalmente no pequeno canal entre a Ilha das Couves e um ilhote próximo, mas sempre tomando os devidos  cuidados, em função das fortes correntes d´água que lá ocorrem. Vale a pena fazer a pequena trilha que liga as duas praias da ilha, realizada em torno de 7 minutos e também se aventurar em outra trilha um pouco mais longa até o topo da ilha, que disponibiliza uma vista incrível. A origem do nome da Ilha vem do sobrenome de um de seus antigos donos: “Couves”, era então chamada de Ilha dos Couves.

Esta filmagem aérea mostra um pouco da beleza do local, em especial da Praia de Fora:

Vejam a seguir filmagem realizada de helicóptero pela equipe da Welift Brasil (https://www.welift.com.br), um passeio a partir do Aeroporto Gastão Madeira no centro de Ubatuba até a Ilha das Couves. 

No filme vemos as Praias Vermelha do Norte, Itamambuca, Félix, Prumirim, Almada, Engenho, Brava da Almada e Fazenda. Destaque para as Ilhas do Prumirim, dos Porcos e a maravilhosa Ilha das Couves.

A trilha que liga as duas praias na Ilha da Couves é curta e é realizada rapidamente, veja breve filmagem:

Arquipélago das Couves
Este é o último arquipélago do litoral paulista, antes de chegar ao Rio de Janeiro,  e é formado pela Ilha das Couves (e seu Ilhote), Ilha Comprida, Ilha da Pesca, Ilha Rapada, Ilha Selinha, Ilhotes, Lajes e Parcéis.

A Ilha das Couves tem o formato alongado no sentido norte-sul, estreita com orla rochosa e vegetação de pequeno porte nas encostas, se alargando a partir de sua metade. Ocupa uma área de 58 hectares, está localizada a 2,3 Km da costa, apresenta uma orla de costões rochosos, encostas com vegetação rasteira e flora típica de Mata Atlântica.

Arquipélago das Couves
Arquipélago das Couves

A ilha está dentro do território da Área de Proteção Marinha do Litoral Norte (APAMLN), sob jurisdição da Superintendência de Patrimônio da União (SPU), e foi cedida a um particular, que mora na ilha há muitos anos que tem todas as responsabilidades de zeladoria do local.

Mistérios da Ilha das Couves
Uma das mais controversas é que, no auge da guerra fria, na iminência de uma batalha nuclear, um membro da família Rockefeller (uma das mais ricas dos EUA) resolveu construir uma casa no arquipélago. Dizem que ele havia pedido um estudo e aquela região seria a menos afetada pela radiação das bombas nucleares. Realmente há vestígios de uma grande construção na Ilha das Couves, mas nada foi confirmado.

Outra coisa intrigante é o muro de pedra (construído pelo homem) no fundo do mar em frente a uma das praias. Hoje virou um dos melhores destinos para a prática de mergulho, mas ninguém sabe dizer como foi parar lá.

Em 1987, quando um navio indonésio carregado de latas de maconha teve que se livrar rapidamente de sua carga, milhares de latas foram encontradas no litoral brasileiro, do Espírito Santo à Santa Catarina, mas estranhamente, uma quantidade enorme foi parar na Ilha das Couves. Esotéricos afirmam que o arquipélago tem uma energia diferente, uma força magnética, algo místico. Por isso, no final dos anos 1990, muitas festas raves foram feitas lá. Buscando uma conexão holística, pessoas de todo o Brasil acampavam e dançavam ao lado de caixas de som que não paravam de tocar música eletrônica por até sete dias na sequência.

Foto do Mirante da Ilha das Couves
Foto do Mirante da Ilha das Couves

Lembre-se:
As atitudes de preservação de nossa natureza devem ser cada vez mais aplicadas e compartilhadas. Na natureza é importante manter limpa as praias, trilhas e cachoeiras, devemos tratar estes lugares como extensão de uma casa bem cuidada. Vamos cuidar de nosso Paraíso Ubatuba. Pequenos gestos ajudam a preservar o meio ambiente e faz desse planeta um lugar melhor para as futuras gerações. Preserve a natureza local, cuide de seu lixo, respeite os animais silvestres, não tire nada além de fotos. Seja consciente e deixe esta herança para seus descendentes. Cuidar do planeta é cuidar de nós.

Fonte de Informações:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ilha_das_Couves

http://caminhosdosup.com.br/os-misterios-da-ilha-das-couves/