Ubatuba Voo Livre

A primeira rampa de voo livre de Ubatuba, uma grande atração turística, está localizada na região norte da cidade, no bairro da Puruba, dentro da Pousada Montalegre. A Ubatuba Voo Livre, propícia um momento mágico com seu voo duplo de Paraglider, cuidando da operação e segurança.

Ubatuba voo livre

O piloto responsável é o Denis Lopes, homologado pela CBVL com registro na ANAC.com participações em campeonatos de Parabase e formado em Atibaia (1997) pela Escola AR Livre. Também integra a equipe, o piloto Roni Purper, Instrutor CBVL, CBPM e APPIPPG, com participação em campeonatos brasileiros de Paramotor e Paratrike, formado pela escola Prodelta em 2004.

Já a organização, o receptivo de grupos, filmagens e marketing, fica a cargo da ZenPressa, uma agencia de turismo de aventura (Receptivo e Emissivo). Receptivo para os voos, trilhas, rapel, paraquedismo e emissivo para paraquedismo e escaladas.
Contato da Zen Pressa: (12) 9 9237-9915.

Para chegar ao local, vindo pela rodovia Rio-Santos sentido Paraty-RJ, deve-se entrar em uma via secundária (de terra) 50 metros logo após a placa de sinalização de Km 25. O acesso se dá por estrada de chão em situação regular, e qualquer veículo chega sem problemas, o deslocamento da rodovia até a rampa é de cerca de 800 metros.

Ubatuba Voo Livre

Parapente x Paraglider
O parapente (paraglider) é semelhante a um paraquedas, pois também tem uma estrutura flexível e o utilizador está suspenso. O voo de parapente é uma modalidade de voo livre, que pode ser praticado tanto para recreação quanto para competição, sendo considerado um esporte radical.
Parapente vem do francês enquanto Paraglider é a mesma palavra mas em inglês. Ou seja, conforme a região o equipamento poderá ter o nome alterado mas nada muda. Parapente e Paraglider é a mesma coisa!

Enquanto o paraquedista se limita passivamente a diminuir os riscos de uma aterragem violenta, o parapentista tem um voo dinâmico, onde o piloto pode controlar a sua direção e, em circunstâncias favoráveis de correntes de ar ascendentes, a sua descida, podendo manter-se a voar por períodos longos.

Ubatuba voo livre

Local da Decolagem
O local possui uma boa área gramada para montagem de equipamentos, a rampa é de madeira, construída a 120 metros de altura, e normalmente o voo é para a esquerda da decolagem, somente realizado para direita da rampa em condições de boa sustentação.

O Pouso
O pouso se dá em toda a faixa de areia da Praia do Puruba, tendo como pouso oficial uma grande área de areia entre o rio e o mar a uma distância aproximada de 795 metros da decolagem.

Sobre o voo
– A decolagem é feita na rampa da Pousada Mirante Montalegre, Praia da Puruba em Ubatuba, considerada e reconhecida no segmento de turismo por ser umas das mais lindas cidades do litoral brasileiro.
– O voo tem duração média de 20 minutos, proporciona um visual incrível e uma experiência marcante.
– Temos possibilidade de voo durante todo ano, com restrições devido a intensidade do vento ou a falta do mesmo.

Dúvidas Frequentes
Tem alguma regulamentação?
– Sim! O órgão que supervisiona é a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) todo o espaço aéreo da rampa de decolagem foi liberado dentro dos parâmetros exigidos e normas de segurança vigente. Caso queira, você pode solicitar os registros dos pilotos pelo WhatsApp.

Tem limite de peso?
– Até 120 Quilos.

Tem algum benefício para a saúde?
– São muitos os benefícios de quem experimenta a sensação de voar. Em especial falamos da adrenalina liberada pelo organismo que eleva a sensação de prazer e bem estar e por consequência atenua os níveis de estresse.

Isto é realmente seguro?
– É extremamente seguro e conduzido com muita responsabilidade. Os equipamentos de voo possuem laudo e estão sempre prontos para serem fiscalizados pelos órgãos competentes.

Contatos
e-mail: [email protected]
Telefones: (11) 9 8104-3740 | (12) 9 9237-9915
instagram: https://www.instagram.com/ubatubavoolivre/
WebPage: https://ubatubavoolivre.com.br/

Depoimentos
“As pernas são apenas um detalhes, quando se tem asas para voar, melhor que sonhar é realizar”

“Gostaria muito de ter palavras para expressar a sensação do voo, mas infelizmente sem palavras é necessário sentir, indescritível”

“Assim que aquela vela sobe, dá um tranco e já começa a tremedeira. Uma experiência única”