Quati na Ilha Anchieta | @dronesampa

Para quem já visitou a Ilha Anchieta provavelmente ter notado, alguns animais circulando por entre as ruínas do antigo presídio, tais como capivaras, saguis ou mesmo quatis como este registrado por nosso amigo Jeferson @dronesampa.

Reserva ecológica da ilha
A Ilha Anchieta conserva uma floresta exuberante, com diferentes estágios de formação, restingas, campos de samambaias e campos antrópicos. A vegetação é rica, podendo-se encontrar árvores como a amendoeira-da-praia, a palmeira-leque e ainda o coco-da-baía. 
Com uma área de 826 hectares (8,26 km²), a ilha abriga uma pequena fauna, a maioria introduzida na Ilha em 1983 pelo Zoológico de São Paulo, cerca de 16 espécies de animais, sendo que a população de saguis, capivaras e quatis cresceu de forma desequilibrada, levando os biólogos e pesquisadores a pensar em uma forma de manejo desta espécies, que sempre estão atrás dos biscoitos dos turistas.

Ilha Anchieta

Levantamentos científicos constataram a presença de 72 espécies de aves, entre as quais: sabiá, juriti, tangará, tiê-sangue, coleirinho, saíra, bem-te-vi, atobá, gaivota e beija-flor. Nas águas cristalinas que cercam a ilha são encontrados cardumes de tainhas, robalos, carapaus, sardinhas, peixes voadores, toninhas (golfinhos) e tartarugas marinhas, protegidos por um polígono de interdição de pesca de qualquer modalidade. Existe uma grande população de cobras jararacas na ilha, sendo necessário utilizar botas ao caminhar pelas trilhas, e uma outra curiosidade é a presença de enormes Vespas Caçadoras, que apesar de inofensivas, impressionam pelo tamanho.

Se Liga: Preserve a natureza local, cuide de seu lixo, respeite os animais silvestres, cuidar do planeta é cuidar de nós.

“Quer ver Deus contemple a natureza, Quer se sentir com Deus, preserve e cuide da natureza!”