Trilha Praia de Santa Rita – Perequê Mirim

A Trilha que une a Praia de Santa Rita à Praia do Perequê Mirim é de nível fácil, e realizada em cerca de 15 minutos.

Praia de Santa Rita e Perequê Mirim ao fundo

Ela parte do canto direito da Praia de Santa Rita, passando por um portão, e subindo uma pequena escadaria, antes de iniciar a trilha pela costeira. Finaliza o caminho no canto esquerdo da Praia do Perequê Mirim.

Trilha Praia de Santa Rita até o Perequê Mirim
Praia de Santa Rita

A Praia de Santa Rita está localizada dentro de um condomínio, uma praia pequena, com águas calmas, areia amarelada, muita sombra produzidas pela árvores, ótima para crianças, excelente para pratica de stand up e mergulho livre.

Praia de Santa Rita - Perequê e Enseada
Praias de Perequê Mirim, Santa Rita e Enseada

Tem como atrativos, um espetacular pôr do sol e a famosa Pedra do Sino. A infraestrutura local é básica sem um quiosque fixo, mas na temporada pode contar com alguns carrinhos e ambulantes vendendo salgados e lanches.

Trilha Praia de Santa Rita - Perequê
Praia de Santa Rita vista da trilha

O Perequê Mirim é uma praia muito tranquila, localizada na altura do Km 59 da rodovia Rio-Santos, com diversos pontos de acesso. O bairro em seu entorno tem muitas opções de hospedagem, alimentação, mercados, e outros pontos comerciais.

Trilha Praia de Santa Rita - Perequê Mirim
Praia do Perequê Mirim

O Perequê Mirim tem mar calmo, aproximadamente 900 metros de extensão, areia clara, muitas sombras de árvores, fácil de estacionar, águas rasas e ideal para crianças.

Nas duas extremidades da praia existem marinas e ás vezes, um trânsito intenso de embarcações, portanto prefira a região mais próxima ao meio, onde a água é também mais limpa.

Atenção, pois a Trilha Praia de Santa Rita até o Perequê Mirim, não pode ser realizada das 22:00 horas às 06:00 horas, pois o portão de acesso na Santa Rita é fechado.

Placa orientativa no início da trilha

Importante:
Para realizar trilhas, siga algumas regras básicas: Preserve a natureza, não jogue lixo na trilha, não maltrate os animais, não entre em propriedades particulares, recolha seu lixo e dê o destino certo para ele, deixe apenas pegadas, evite fazer barulho, desfrute dos sons da natureza, cuidado para não causar incêndios na floresta, planeje bem sua caminhada e informe a alguém sobre seu passeio, proteja-se do sol, mosquitos, borrachudos e mantenha-se sempre na trilha.

Se a caminhada for extensa é indispensável alguns acessórios como um calçado confortável, calça comprida leve e macia, camiseta de manga comprida por conta do capim navalha, boné, mochila impermeável com repelente, protetor solar, máquina fotográfica, muda de roupa seca, capa de chuva, agasalho, apito, toalha, lanterna, além do lanche, água e barrinha de cereal por exemplo. Preste atenção as passadas, e desníveis causados por erosões, devido às chuvas, e a utilização de um “cajado” ajuda bastante a diminuir os impactos.

Também esteja alerta para abelhas, porcos do mato e a presença de cobras peçonhentas que são muito comuns em Ubatuba e na região da Mata Atlântica, tais como a jararaca (Bothrops jararaca), coral (Micrurus Corallinus), jararacuçú (Bothrops) e urutú-cruzeiro (Bothrops alternatus), que costumam ficar no meio da trilha, especialmente em lugares que bate sol.

Fazer trilhas acompanhado de um Guia Credenciado, é uma boa recomendação para garantir mais segurança e também aproveitar para conhecer a história do local.

Lembre-se: da natureza nada se tira, além de fotos e nada se leva, além de boas lembranças!!!