O Lobisomem da Praia de Picinguaba

Antigos moradores contam histórias fascinantes da visita do lobisomem na Praia de Picinguaba. “Certa vez uma mulher vestida de “baeta” (vestido vermelho), quando retornava da missa numa Sexta-Feira da Paixão, lua cheia, cruzou com um cachorro enorme que mordeu um pedaço de seu vestido, assustada, correu para casa, trancou-se e pôs-se a rezar, a...

A Lenda da Ilha da Selinha

Reza a lenda que na Ilha da Selinha, habitava um moço conhecido como Tavinho oriundo das bandas da Praia da Fazenda, e que adotou a ilha como lugar de descanso e de onde avistava o cardume de peixes que adentravam a baía da fazenda. Em certo momento de sua adolescência, nas suas andanças pela...

O Túnel da Prainha

As lendas fazem parte da construção da cultura de um povo. Tão verdadeiras na fantasia que acabam por ser tão reais quanto as histórias catalogadas e registradas em livros e escrituras. Elas surgem da imaginação popular que inspira-se em algum fato real criando, então, uma versão caricata. Assim nasceu papai-noel, saci-pererês, tesouros escondidos e...

O Monge Amaldiçoado

A história da Lenda do Monge Amaldiçoado data de séculos atrás, quando uma bruxinha chamada Brisa que morava em Yperoig (antigo nome de Ubatuba), sentiu no ar o cheiro da vassourinha (*), planta comum naquelas terras, e que quando exalava seu cheiro prenunciava a chegada do vento noroeste, muito forte e que sempre trazia...

A Maldição de Cunhambebe

“Ubatuba é uma cidade que tem muita iniciativa e pouca continuativa”, dizia um velho caiçara para as pessoas que lá chegavam, no começo dos anos 70 em busca de um novo local para trabalho e morada. Com o passar do tempo se percebe que o velho tinha razão. Não só as iniciativas humanas, mas...

A “Mãe do Ouro”

A Mãe do Ouro é uma personagem do folclore brasileiro, guardiã dos tesouros da terra, das montanhas e dos rios. Ela está sempre perto do ouro, é vista à noite, e brilha com a mesma beleza dourada de seu filho. Se alguém se aproximar muito, ela desaparece, reaparecendo, em seguida,  em outro lugar. Dizem...

O Preto do Corcovado

Em Ubatuba, quando o céu estiver estrelado e com lua, desvie sua vista para o Pico do Corcovado, este é um dos mais altos da Serra do Mar e serve de referência da cidade de Ubatuba, por terra, por mar e ar. Sentado no “cocoruto” do morro, costuma aparecer o perfil enorme de um...

A Lenda da Gruta que Chora

Todos que visitam a Gruta que Chora, localizada no canto esquerdo da Praia da Sununga, ficam intrigados com o constante “pinga-pinga” de água que cai pelas folhas e arbustos na entrada da gruta. Chama a atenção também as ondas desiguais da Praia da Sununga e a violência com que o mar se comporta emitindo...

Lenda da Cruz de Ferro da Serra

No percurso da Serra da Rodovia SP-125 (denominada Rodovia Oswaldo Cruz), que liga Ubatuba a Taubaté, entre a cidade de São Luiz do Paraitinga e Ubatuba, às margens da estrada, há uma Cruz de Ferro fincada, onde as pessoas vão acender velas, pois dizem que ela é milagrosa. Essa cruz é oriunda de um...

Os Marinhos

Barbaridade!Há mais de três meses não chovia, numa estiada jamais verificada nestas redondezas. Aqui a chuva é uma constante no decorrer do ano e assim, uma seca como aquela exasperava a população, mormente a gente dos bairros que, se dependia da pesca, muito mais dependia da lavoura para garantir a própria sobrevivência. De chuva,...

O Corpo Seco

A lenda do Corpo Seco é contada de geração em geração e tem seu episódio final na região da Barra da Lagoa. Dinico, como todos o conheciam, era um rapaz de costumes e vícios abomináveis, causava ao mesmo tempo compaixão e repulsa. Seus pais viviam na mais profunda miséria, e ele, último filho, depois...

A Mina de Ouro – Região do Corcovado

Muitos anos depois do desaparecimento de frei Bartolomeu, (ver a Lenda do Corcovado – Frei Bartolomeu), o capitão Manoel Fernandes Corrêa instalou uma belíssima fazenda na Praia Dura. Um dia, Alice, filha única do capitão Corrêa, saiu à caça nas proximidades. Vendo-se só, longe da vista severa do pai, admirando o cenário belíssimo que...

O Boi de Conchas – Ratambufe

O “Boi de Conchas” teve seu nome de batismo Ratambufe. Era filho do boi Marujo com a vaca Sereia, nascera no dia 29 de junho, dia de São Pedro Pescador. Ao ver Cipriano, o bichinho deu um mugido parecendo som de Ratambufe*! – Isso mesmo, você vai se chamar Ratambufe! Esse mugido tá parecendo...

A Lenda do Corcovado – Frei Bartolomeu

A estória que vou contar nada tem absolutamente com o famoso pico que orna o belíssimo pano de fundo do maravilhoso cenário que é a Baía da Guanabara. O Corcovado em questão é o que se encontra próximo desta cidade de Ubatuba, para as bandas do sudoeste. É uma formidável corcunda de pedra que...