Patto Loko – Um Lugar de Muita História

Ubatuba tem muitos cantinhos especiais, que ainda preservam a história da cidade, que é passada de geração para geração; este é o caso do Patto Loko Canto Caiçara Bar e Restaurante. Localizado na rua Baltazar Fortes, 42, na região central de Ubatuba, ao lado da Ilha dos Pescadores, pertinho do Mercado Municipal de Peixes e Pescados, o Bar e Restaurante oferece petiscos e pratos especiais com frutos do mar, o famoso Cuscuz do Patto, uma variedade de cervejas, cachaças, além de uma carta de vinhos e drinks especiais.

É um ambiente acolhedor com música ao vivo, de qualidade, predominando principalmente samba de raiz, MPB e bossa-nova, e uma das atrações do lugar é o próprio dono: Sr. Ari Matéia mas que ninguém o conhece por este nome e sim como “Patto Loko” (apelido que herdou de seu pai).

Vale mencionar que o bar tem uma cerveja própria, saborosa, chamada Patto Loko, feita para os amantes de cerveja, que trás a seguinte mensagem no rótulo: “Praia e sol, tudo a ver com uma cerveja refrescante, leve, dourada, com espuma densa e branca como as ondas de Ubatuba. Recomendada para todas as ocasiões e os melhores amigos”.

A Cerveja Patto Loko
A Cerveja Patto Loko

O Bar e Restaurante Patto Loko Canto Caiçara, iniciou-se em 2007 (mas a história da família no local é bem mais antiga), e logo vieram as indicações da revista Veja, com suas premiações: melhor casquinha de siri em 2010, 11 e 12, melhor carta de drinks em 2012 e o melhor combinado de frutos do mar pela Folha de São Paulo.

Sem dúvidas, é uma das atrações de Ubatuba, um lugar para comer bem, conversar, beber e conhecer as histórias caiçaras!

História do local (contada pelo próprio Patto Loko)
Tudo começou em 1954, neste mesmo local, como um armazém de “secos e molhados”, idealizado pelo meu pai Clariosvaldo da Silva Corrêa (Patto Loko original ou “Velho Patto Loko). O armazém comercializava produtos como arroz, feijão, farinha de milho, bolachas em lata, camarão seco, peixe seco, bacalhau, linguiça, mortadela, carne seca, doces, balas e a tradicional farinha de mandioca artesanal, feita por nossos parentes do sertão do Ubatumirim (região norte da cidade), onde nasceu meu avô, Sr Benedito Corrêa.

Naquela época, Ubatuba era uma província pouquíssima conhecida, com acesso restrito e as dificuldades eram enormes. Em uma rua ladeada de bares e peixarias, onde existia o antigo mercado de peixe, foi criado o Armazém do Patto, uma construção rústica com colunas de pedra, que permanecem até hoje na estrutura do local.

Prato Caiçara do Patto Loko
Prato Caiçara do Patto Loko

Não podemos esquecer de uma atração da época, o papagaio que papai tinha, que ficava pendurado na porta e mexia com todo mundo. Os próprios clientes ensinavam o “bichinho” a xingar os que passavam na rua e o mesmo tinha um nome peculiar: “Doido do Patto”.

A rua, conhecida como a “Rua da Rampa dos Pescadores”, assim chamada devido a um trecho, então rebaixado, na margem do Rio Grande, sempre teve muitas histórias. Circulavam por ali, folclóricos artistas de rua, o nosso Amaro chef de cozinha internacional, o Saponga, o polêmico “Besterento”, Júlio conhecido como “peixe podre” entre outros frequentadores. No começo da rua, tinha o Bar  do Gaiato, que era muito conhecido, e acredite, ele fazia o caldinho de tartaruga.

Patto Loko

Meu pai era festeiro, vendia para os foliões, fogos de artifícios e para os caçadores, munições. Participante ativo das festas locais e que não abria mão de carregar o andor do Divino Espírito Santo e de São Pedro Pescador, em concorridas procissões. Era amigo dos índios Guarany da Aldeia Boa Vista, do cacique Altino, e costumava ir para a aldeia carregar seus palmitos, e muitas vezes levava os índios para jogar futebol do Camburi à Maranduba.

Porquê Patto Loko?
“Papai teve em problema em uma das pernas, e andava “meio mancando”, por conta disso não demorou para ganhar o apelido de “Pato”. No armazém também vendia munição para armas de fogo, e os clientes muitas vezes pagavam as mercadorias, com as caças que traziam. Não compravam produtos, mas faziam “escambo”. Juntando este fato, e outras loucuras, surgiu a segunda parte do apelido “Louco”. Personalizando: “Patto Loko”, nome até hoje da casa e como sou conhecido”

Patto Loko
Ari – o “Patto Loko”

O Bloco de Carnaval
Não poderíamos deixar de mencionar, o tradicional “Bloco do Cuscuz do Patto Loko – Concentra + Não Sai”.  É um bloco de carnaval, de inspiração boêmia, que se apresenta na quarta-feira de cinzas, na mesma rua do bar, estilo Carnaval de antigamente, com marchinhas e inclusive uma própria do bloco. A rua fica fechada, vira um ponto de encontro do povo que quer foliar em um ambiente familiar.

O bloco não sai da rua, fica ali mesmo ao lado do bar, e normalmente com atrações, como palhaços, para brincar e pintar as crianças, pipocas, bexigas, bonecões, barracas e bandinha. O Patto convida outros blocos que trazem seus bonecões, o bloco da cachorrada, o bloco da galinha, o bloco do lambe lambe e assim a folia não para.

“Vem cá brincar / A folia ainda está na rua / A alegria é nossa parceira / Para brincar na quarta-feira / (refrão) Eu tô com fome / Vamos comer / Cuscuz do Patto para crescer ? E em 54 / Comi Cuscuz do Patto / Que até hoje / Não sai mais do meu prato”.

O lema da casa: “Nosso prazer é tornar sua experiência gastronômica e musical a melhor aqui em Ubatuba!” 🦆kueemm kueemm!!!

Se você não conhece o Patto Loko, o Bar / Restaurante e o próprio personagem, ainda falta ao menos uma coisa para saber sobre Ubatuba!

Placa do Patto Loko

Recomendações de clientes:
“O melhor restaurante/bar de Ubatuba, uma carta de drinks maravilhosa, comida excepcional, música boa e atendimento impecável. Meu lugar predileto!! Recomendo!!!”

“Casquinha de siri deliciosa e o Patto é gente finíssima! Vale a pena visitar e experimentar a cerveja da casa.”

“Super recomendo Atendimento rápido eficiente Comida de boteco Mara e cerveja geladinha e caipirinhas top. Música ao vivo.”

“Excelente opção em Ubatuba, todo tipo de cerveja gelada todo dia, ótimo atendimento e pratos caiçaras de muita qualidade.”

“Ambiente aconchegante e familiar!! Comida maravilhosa!! Som de primeira!! Nota 10!! super recomendo!! Vale a pena!!!”

“Um local excelente para um final de dia, com comidas maravilhosas, porções ótimas e as melhores marcas de cerveja.”

Contatos:
Instagram: https://www.instagram.com/pattolokoubatuba/
Facebook: https://www.facebook.com/pattolokoubatuba
e-mail: pattolokoo@yahoo.com
WhatsApp / Fone: (12) 9 9129-8835
Endereço: Rua Baltazar Fortes, 42, Centro