Tangará Dançarino – Símbolo de Ubatuba

O Tangará Dançarino, também chamado de Tangará Dançador, é o pássaro símbolo de Ubatuba, escolhido entre as mais de 500 espécies encontradas na Mata Atlântica, em Ubatuba, pois ele tem a cor predominante azul celeste e o destaque vermelho na coroa da cabeça, cores semelhantes ao da bandeira do município.

tangará

O seu canto e sua dança representam as músicas e danças folclóricas de Ubatuba, assim como a Ciranda, a Dança da Fita, a Congada, o Xiba e o São Gonçalo. O Tangará Dançarino (Chiroxiphia Caudata) da família Pipridae, chega a medir 15 cm, apresenta azul celeste no peito e no dorso, asas e cauda preta e no alto da cabeça uma coroa vermelha brilhante.Tangará Dançador

A fêmea é verde escura, reconhecida por um ligeiro prolongamento da cauda, os machos imaturos são totalmente verde-oliva, mas alguns jovens podem ser distinguidos das fêmeas devido ao vermelho na fronte, que adquirem antes da troca de plumagem do restante do corpo. O termo “tangará” deriva do tupi “ata” – andar, “carã” – em volta.

São avistados no interior da Mata Atlântica, e curiosamente os machos cantam e dançam para conquistar suas fêmeas, seus cantos começam com “tiu-tiu”, passam para um “trá-trá” e finalizam emitindo uma série de “trrrrs”. Esse canto é acompanhado por uma dança, onde os tangarás conquistadores fazem uma ciranda em volta das fêmeas, pulando de galho em galho, até algum ser escolhido pela amada.

Por intermédio da AAMUC – Associação dos Amigos do Museu Caiçara, foi aprovada uma lei, que institui como símbolo representativo da fauna ornitológica de Ubatuba, o Tangará Dançarino. Sendo escolhido o dia 04 de outubro, o Dia Mundial de Observação e Contagem de Pássaros, para celebrar este fato.

Em Ubatuba temos a maior área de Mata Atlântica protegida do litoral paulista, um dos biomas mais ameaçados do planeta, mas que terá sua preservação assegurada para as gerações futuras, graças à existência de Unidades de Conservação da Natureza e ao tombamento da Serra do Mar.

Lembre-se: Preserve a natureza local, cuide de seu lixo, respeite os animais silvestres, não tire nada além de fotos. Seja consciente e deixe esta herança para seus descendentes. Esperamos com esta ação termos a oportunidade de avistar o Tangará Dançarino em seu habitat natural.

(*) Parte da filmagem neste post foi extraída de:
https://www.youtube.com/watch?v=zRkbwI8EM_w