Festival do Camarão – Comunidade da Almada

O Festival do Camarão organizado pela AMA (Associação dos Moradores da Almada), ocorre anualmente durante o mês de julho na Praia da Almada. A programação do evento conta com apresentações de grupos tradicionais e shows de música popular brasileira, solturas de tartarugas pelo Projeto TAMAR, corrida de canoas e muito mais.

As barracas de comidas típicas oferecem aos turistas e moradores deliciosas receitas à base de camarão. Dentre as comidas típicas, temos bobó de camarão, camarão na moranga, bolinho e risoto de camarão e espeto de camarão, e muita informação da vida, arte e a cultura caiçara.

A Comunidade da Almada
A Almada é uma vila de pescadores situada ao norte de Ubatuba – SP, formada pelas seguintes praias: Almada, Engenho, Lança-Cavala e Brava da Almada. O acesso à Almada se dá no km 13 da BR 101, sentido Ubatuba-Paraty, e a estrada está bem conservada e a paisagem é deslumbrante, segue-se o tempo todo dentro da Mata Atlântica e quase chegando a praia a vista do mirante é de tirar o fôlego.

Aproximadamente 200 pessoas (em sua maioria pescadores) vivem na vila basicamente da pesca artesanal e do turismo. A pesca artesanal ainda é a principal fonte de renda e o turismo seu complemento, com aluguel de casas para turistas e comércio de bar, restaurante, peixarias, aluguel de barco para pesca, caiaques e passeios de lancha pelas praias e ilhas locais.

A Praia da Almada, é rasa, tem águas claras e sempre calmas, ideal para o banho de mar em família. As Praias da Puruba e Prumirim, a Baía do Ubatumirim e as ilhas do Prumirim, dos Porcos e Redonda são o pano de fundo para quem da praia olha para o mar, e avista-se ainda o Pico do Corcovado.

Praia da Almada

Com uma população extremamente receptiva aos visitantes, como todo bom vilarejo caiçara, a vida na Praia da Almada segue um ritmo próprio: as condições do tempo regem as saídas dos pescadores ao mar e quando a pesca é farta é comum sua distribuição entre os moradores.

Os pescadores auxiliam o Projeto TAMAR na preservação das Tartarugas Marinhas: quando capturadas acidentalmente nas redes de pesca, são trazidas à praia e técnicos do TAMAR fazem a pesagem, medição e marcação do exemplar que logo em seguida é devolvido ao seu meio.

Preservação ambiental é uma preocupação sempre presente na Almada: placas informativas estão distribuídas ao longo das praias lembrando ao morador e turistas da necessidade de não se jogar pontas de cigarro na areia (acredite, existem cinzeiros na praia feitos de garrafas pet), não trazer seu cãozinho ou qualquer outro animal de estimação, é proibido fazer churrasco na praia e jet ski não é permitido de forma alguma.

A separação do lixo para a coleta seletiva também faz parte da rotina diária de seus moradores, bem como atividades de educação ambiental.

Fonte de informações: https://amaalmada.com.br/work/praia-da-almada/